Governo lança edital para pavimentação do acesso à Serra da Barriga

O Governo de Alagoas segue trabalhando na expansão e melhoria dos acessos e da malha viária estadual, garantindo mais mobilidade, segurança viária e visando o incentivo à economia e ao turismo. Prova disso é o edital lançado nesta sexta-feira (11) no Diário Oficial do Estado para implantação e pavimentação do acesso à Serra da Barriga, no trecho que liga a terra de Zumbi ao município de União dos Palmares.

Pavimentação do acesso à Serra da Barriga acontece logo após o reconhecimento do local como Patrimônio Cultural do Mercosul, em junho (Foto: Thiago Sampaio / GDA)

Pavimentação do acesso à Serra da Barriga acontece logo após o reconhecimento do local como Patrimônio Cultural do Mercosul, em junho (Foto: Thiago Sampaio / GDA)

Ao todo, serão pavimentados um trecho de 7,4 km de extensão, conforme consta na publicação. As empresas interessadas em participar do certame devem comparecer à sala de reuniões da CPL/AL, localizada na Rua do Sol, no centro de Maceió, às 10h do dia 14 de setembro deste ano. O edital se encontra disponível nesse mesmo endereço.

A pavimentação do acesso à Serra da Barriga acontece logo após o reconhecimento do local como Patrimônio Cultural do Mercosul, em 22 de junho deste ano, articulado pelo Governo do Estado junto ao Instituto Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

Com o acesso garantido por meio de via pavimentada, o turismo e a economia local serão incentivados, já que a terra de Zumbi dos Palmares atrai a atenção de turistas e visitantes do mundo todo.

À frente da Secretaria de Transporte e Desenvolvimento Urbano, responsável pela obra, Mosart Amaral ressalta a importância em garantir o acesso ao patrimônio cultural.

“A pavimentação dessa via é de extrema importância ao turismo e economia do Estado. O acesso por via asfaltada vai garantir mais mobilidade e segurança viária, o que fará com que cada vez mais pessoas conheçam o local e sua importância para a cultura afro-brasileira, tão relevante à formação social e cultural de Alagoas, e do Brasil como um todo”, pontuou Mosart.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s